Trump ameaçou matar denunciante do telefonema para Kiev

Donald Trump ameaçou matar o denunciante do telefonema para o presidente da Ucrânia. A chamada telefónica a pedir uma investigação sobre o concorrente à Casa Branca, Joe Biden, em troca de favores, está na origem do processo de destituição pedido pelos democratas.

Trump chamou-lhe "espião" e lembrou o que antigamente se fazia aos espiões: eram executados.