Segundo o jornal Washington Port, o presidente norte-americano rejeitou um comunicado da Casa Branca que considerava como "herói" o senador John McCain