Trump não participou nas cerimónias do 11 de Setembro mas mandou bocas

O ex-presidente dos Estados Unidos não participou em nenhuma das cerimónias oficiais que assinalaram o 11 de Setembro, mas visitou uma esquadra da polícia e um quartel dos bombeiros de Nova Iorque. Visitas em que aproveitou para criticar o sucessor Joe Biden pela retirada do Afeganistão e para insistir na tese da fraude eleitoral.

Sobre "Jornal das 8"