Um dos sete suspeitos detidos em França vivia em Aveiro

Há mais de um ano que a França está em estado de emergência e deverá continuar, pelo menos até às eleições presidenciais de maio. A vigilância permanente reduz a liberdade dos cidadãos, mas segundo as autoridades permitiu deter 418 suspeitos de terrorismo desde o início do ano, 42 deles só em novembro.

Sobre "Jornal das 8"