Itália aprova lei que permite multas até 1 milhão de euros a quem socorra migrantes

Em Itália, o senado aprovou mais uma polémica lei do vice-primeiro-ministro Matteo Salvini. Os navios de organizações humanitárias que socorram migrantes no Mediterrâneo, mais concretamente em águas territoriais italianas, podem agora ser multados até um milhão de euros.

Sobre "Notícias"