Itália: Renzi bate com a porta e deixa Europa em sobressalto

Primeiro-ministro italiano cumpriu a promessa de se demitir caso o não saísse vencedor no referendo como veio de facto a acontecer. Anúncio foi feito durante uma declaração ao país na televisão