«Já ganhei várias vezes ao Benfica, como treinador e jogador»

Abel viverá na terça-feira um dia especial, quando o PAOK receber o Benfica, em jogo da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

Na conferência de imprensa de antevisão à partida, o treinador português do emblema grego alertou, no entanto, que o mais importante é a sua equipa.

«Já ganhei várias vezes ao Benfica como treinador e jogador. Mas deixem-me dizer-vos que amanhã [terça-feira] é um jogo entre o PAOK e o Benfica, não é um Abel-Benfica ou um Abel-Jesus», afirmou.

O técnico de 41 anos negou que o conhecimento que tem dos encarnados e de Jesus seja uma vantagem para a partida de terça-feira.

«Os treinadores não têm segredo porque ao domingo mostram aquilo que fazem. Para mim, o mais importante é a capacidade da nossa equipa em impor o nosso jogo. Olhamos para o jogo como um desafio e uma oportunidade para demonstrarmos em campo o que fazemos todos os dias.»