«Demissão? É uma questão que nem sequer me preocupa»

O Santos de Jesualdo Ferreira perdeu em casa com o Ponte Preta (1-3), nos quartos de final do Campeonato Paulista, e foi afastado da competição. A equipa de Jesualdo Ferreira esteve a vencer, mas ficou em inferioridade numérica ao minuto 43 e permitiu a reviravolta na segunda parte.

«Se forem justos, vão estar de acordo comigo: enquanto fomos uma equipa completa, fizemos jogos bons e com resultados bons», salientou Jesualdo, após o encontro.

O técnico português espera uma melhoria da equipa: «Quero que isso seja uma norma, que se estabilize a equipa nessa linha, e não na noutra. Temos de trazer toda a gente para o primeiro patamar, quando chegamos à expulsão a ganhar e com uma qualidade de jogo boa.»

Face a alguns resultados negativos, a continuidade de Jesualdo Ferreira está a ser colocada em causa. Porém, o treinador não se mostra preocupado com o futuro. «Não temo nada. A direção está à vontade de fazer o que achar que é melhor para o Santos. É uma questão que nem sequer me preocupa. Honestamente, façam o que quiserem», frisou.