Joana é professora e, pela carreira, vive a 400 quilómetros do filho, de 15 meses

Joana Rosas é professora numa escola básica na zona de Lisboa, mas o filho, de apenas 15 meses, está no Norte, ao cuidado dos avós. Para estar com o bebé, todas as semanas faz duas viagens de 400 quilómetros. Em Lisboa, divide casa com dois colegas porque o salário não lhe permite viver só com o filho.

Os custos com as deslocações muitas vezes não compensam e afastam os mais jovens da carreira. A falta de professores, numa classe envelhecida, tem vindo a agravar-se. Lisboa e Setúbal são dois dos distritos mais afetados

Sobre "Jornal da Uma"