João Miguel Tavares: "um deputado do Chega vale quatro vezes mais votos do que um do PS"

João Miguel Tavares afirmou que era irrelevante aquilo que os representantes dos pequenos partidos disseram no debate quinzenal, o que foi de extrema importância foi o exercício da democracia.

Sobre "Governo Sombra"