Joe Biden afirma que não se deixará intimidar e promete retaliação contra o ISIS-K

Joe Biden declarou guerra ao Estado Islâmico, no discurso de reação aos ataques terroristas à entrada do aeroporto de Cabul, levado a cabo pelos ISIS-K.

Sobre "Primeira Hora"