Joe Biden: "Não podemos voltar a virar costas e não fazer nada"

Continuam os protestos contra a morte de George Floyd, num dia marcado pela condenação de Joe Biden, candidato presidencial democrata, aos comentários do presidente Donald Trump. 

Joe Biden afirmou que esta é a altura para travar o combate contra o "racismo sitémico" e as "crescentes desigualdades económicas" que se vivem no país. 

Sobre "Notícias"