«Jogadores do FC Porto gritam e parece que têm de chamar a ambulância»

Fernandinho, jogador do Manchester City, em declarações na flash interview após o empate com o FC Porto (0-0):

«Sabíamos que seria um jogo difícil. O FC Porto tem um estilo único de jogar. Pressionam o árbitro e em todas as faltas que sofrem caem no chão e gritam. Parece que é preciso chamar a ambulância. Mas, enfim, foi um jogo complicado, como são todos os da Champions.

O Pep Guardiola tenta sempre fazer uma rotação da equipa e dá a todos a oportunidade de jogar. Quem jogou hoje são os jogadores que estavam a ter menos minutos nesta temporada e um jogo importante como este é bom para o jogador conseguir mais confiança e saber que também é importante para o grupo. Tenho a certeza de que estava contente com a nossa performance e foi por isso que fez apenas uma substituição.

Onde pode chegar o City? Não sabemos. O objetivo era ficarmos em primeiro no grupo. Conseguimos e agora temos mais um jogo até ao fim desta fase. O importante é vivermos um jogo de cada vez e preparar bem a equipa para os playoffs.