Juízes decretam greve sem precedentes

Vão fazer 21 dias de greve, com início já no próximo dia 20. É um protesto vigoroso por causa da revisão do estatuto dos magistrados judiciais. A decisão foi tomada em Coimbra, na assembleia geral da Associação Sindical dos Juízes. E nem uma proposta de última hora da ministra da Justiça evitou a decisão, mesmo propondo que o estatuto remuneratório ultrapassasse o salário do primeiro-ministro.