Julgamento Rui Pinto: PJ desconhecia que autoridades francesas tinham acedido às provas

Na quinta sessão do julgamento de Rui Pinto soube-se que a Polícia Judiciária desconhecia que as autoridades francesas tinham acedido às provas apreendidas ao pirata informático.

O inspetor José Amador garantiu que França não teve acesso ao conteúdo dos disco do hacker.

Sobre "Notícias"