Lesados BES: solução "sem dinheiro público a fundo perdido"

Depois de 11 reuniões, grupo de trabalho constituído pelo Banco de Portugal, CMVM, representante do Estado, banco mau e associação que representa os lesados chegou a um documento final que pode abranger 90% dos clientes. Só falta o ministro das Finanças aprovar