Ljubomir assinou termo de responsabilidade no hospital para regressar à greve de fome

O chef Ljubomir Stanisic foi transportado de urgência para o hospital, ao final do sexto dia em greve de fome.

O empresário da restauração sentiu-se mal após um discurso na tarde desta quarta-feira e o INEM teve de ser chamado ao local. Ljubomir teria os valores de glicemia (açúcar no sangue) entre os 20 e 30 mg/dl, quando os níveis de referência começam nos 70mg/dl.

O empresário deu entrada no hospital de Santa Maria, em Lisboa, e recebeu uma pulseira laranja na triagem, a segunda mais grave.

Em declarações à TVI, Ljubomir revelou que recebeu tratamento intravenoso, para aumentar os níveis de açúcar no sangue.

Apesar das recomendações dos médicos para permanecer no hospital, o chef assinou o termo de responsabilidade e regressou ao protesto.

Sobre "Notícias"