Lojas de cidadão: sem marcação prévia, várias pessoas tiveram de voltar a casa

À exceção de Lisboa, as lojas do cidadão do país reabriram esta segunda-feira com fortes medidas de segurança. Por enquanto, só entra quem tem marcação prévia mas no primeiro dia são muitos os utentes que tentam ser atendidos sem agendamento.
 

Sobre "Jornal da Uma"