Atacante de Londres estava em liberdade condicional

Usman Khan era um terrorista conhecido das autoridades britânicas e estava em liberdade condicional.

Usman foi condenado a oito anos de prisão por planear um ataque bombista à Bolsa de Valores de Londres e libertado condicionalmente no ano passado.

O atacante, de 28 anos, usava pulseira eletrónica com um raio de ação suficiente para matar à facada duas pessoas na Ponte de Londres.

Sobre "Jornal da Uma"