Lourosa: capitão explica caminhada com vontade de regressarem juntos

Após a derrota com o vizinho S. João de Ver, a equipa do Lourosa regressou a casa a pé, no que foi visto como um castigo pelo desaire.

Os responsáveis pela equipa do distrito de Aveiro, porém, garantem que a história não é bem assim e que partiu do grupo de trabalho a decisão de percorrer os cerca de seis quilómetros que separa as duas localidades a pé.

Em declarações no programa Equipa, da TVI24, o presidente do clube, o treinador e o capitão deram as suas versões dos factos.

Diogo Cunha, capitão de equipa, revelou que a decisão foi tomada pela vontade de chegarem todos juntos ao estádio, onde sabiam que havia adeptos à espera.

«Fomos confrontados com a opção de não irmos todos juntos e decidimos que não íamos estar a chegar às pingas. E fomos todos juntos», resumiu, lamentando o «alarido» que tem sido feito sobre o caso.