Mais de 200 mortos com ordem de despejo do cemitério de Rio Tinto

Câmara de Gondomar vai ter de devolver parte do cemitério n.º 2 de Rio Tinto. O tribunal condenou a autarquia, depois de ter chegado à conclusão que uma parcela do terreno é privada. A sentença obriga a câmara a desocupar o espaço e a remover cerca de duas centenas de sepulturas.

Sobre "Jornal da Uma"