"Mais vale mandar beijinhos do que apertar pescoços"

Manuel Serrão concordou com Pedro Guerra quando este disse que Frederico Varandas não tinha a experiência de Luís Filipe Vieira ou Pinto da Costa, caso contrário teria apertado o pescoço aos sócios em vez de mandar beijinhos para as bancadas.

O comentador espera que Pinto da Costa, na próxima assembleia geral do FC Porto, não vá para lá apertar pescoços ou atirar beijinhos, antes discuta ideias.

Sobre "Prolongamento"