Manuel Maria Carrilho: "Sinto-me um mártir"

Manuel Maria Carrilho foi absolvido esta quarta-feira do crime de violência doméstica. O antigo ministro da Cultura era suspeito de ter agredido a apresentadora de televisão Bárbara Guimarães.

Sobre "Notícias"