Marcelo: "Em democracia, os debates nunca são para preencher calendário"

Se dependesse do Presidente da República, os debates quinzenais não teriam terminado.

São duras críticas do Presidente a uma iniciativa que só o PS e o PSD votaram a favor.

Marcelo Rebelo de Sousa diz que os debates no Parlamento não servem para preencher calendário, e que achar que há debates a mais, não é bom para a democracia.

Sobre "Jornal das 8"