Marcelo garante que o excedente orçamental não é um "fetiche"

O Presidente da República disse que o excedente orçamental não é um fetiche. Marcelo Rebelo de Sousa defendeu ainda que a principal meta do Orçamento do Estado permite a Portugal abater a dívida e dá margem para fazer face a uma crise externa.

Sobre "Jornal das 8"