"Marcelo Rebelo de Sousa afastou completamente a ideia de que a eutanásia é inconstitucional"

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, enviou esta quinta-feira para o Tribunal Constitucional o diploma do parlamento que despenaliza a morte medicamente assistida, para fiscalização preventiva da constitucionalidade.

A deputada do Partido Socialista Isabel Moreira aproveitou a sua intervenção no debate desta sexta-feira, na TVI24, para questionar se faz sentido punir com pena de prisão “auxiliar alguém que é maior” e que está numa “situação de doença incurável e fatal” e que quer “abreviar a sua morte”.  

Sobre "Notícias"