Marcelo recorda Maria João Abreu: “Era no palco, como na vida: genuína"

O Presidente da República reagiu, esta quinta-feira, à morte de Maria João Abreu, que estava internada no Hospital Garcia da Orta, em Almada, desde dia 30 de abril.

Marcelo Rebelo de Sousa recordou uma mulher "genuína", "frontal", com uma "alegria de viver ilimitada" que contagiava todos os que tiveram o prazer de privar com a atriz.

Ela transmitia uma empatia que não era plástica, não era artificial", recordou.

Sobre "Notícias"