A sociedade portuguesa de pneumologia desaconselha o uso dos cigarros eletrónicos e faz um apelo aos médicos: devem denunciar casos suspeitos de doenças respiratórias. O alerta surge depois de terem sido confirmadas seis mortes e identificados centenas de casos graves, nos Estados Unidos,  que se suspeita estarem relacionadas com este tipo de cigarros.