Medidas de coação a Luís Filipe Vieira são "manifestamente ilegais"

O advogado Vítor Parente Ribeiro diz que a medida de obrigação de permanência na habitação atribuída a Vieira, juntamente com o pagamento de uma caução de três milhões de euros nos próximos 20 dias é "manifestamente ilegal".

Sobre "Diário da Manhã"