Merkel condena manifestações da extrema-direita contra migrantes

Durante dois dias consecutivos, Chemnitz foi palco de violentos protestos. Os manifestantes neonazis lançaram uma caça aos estrangeiros depois de um alemão ter sido esfaqueado supostamente por dois jovens migrantes, um sírio e um iraquiano, já detidos.