Militar da GNR e agente da PSP entre os detidos em megaoperação da GNR

Dezasseis pessoas foram detidas no âmbito de uma grande operação da GNR, na zona de Sintra. Entre os arguidos estão um militar da Guarda Nacional Republicana, um agente da PSP e um funcionário do fisco, suspeitos de associação criminosa. Em causa estão crimes de jogo ilícito, fraude e burla fiscal, tráfico de influências, corrupção, abuso de poder e acesso ilegítimo a base de dados. As 16 pessoas são suspeitas de terem obtido lucros de 2 milhões e meio de euros, lesando o Estado em mais de 700 mil euros. Durante a operação, foram apreendidos 84 mil euros, em notas, quatro armas de fogo, máquinas de jogo ilegal, droga e material informático.