Militares da GNR preocupados com indicação para não usarem máscaras e luvas

A Associação dos Profissionais da Guarda acusa o Comando Geral da GNR de defender publicamente uma atitude que na realidade não está a aplicar.

 
O Comandante-Geral da GNR afirmou publicamente que tinham sido enviadas 5 mil máscaras para os militares, mas depois deu ordens para esse material de proteção individual não ser usado.

Sobre "Jornal das 8"