Ministra da saúde promete solução rápida mas descarta "ajuste direto" para o São João

A ministra da Saúde promete uma solução rápida para o arranque das obras da oncologia pediátrica do Hospital de S. João, mas rejeita a hipótese de um "ajuste direto" para apressar o processo. Os pais temem que qualquer solução que passe por um concurso público se arraste no tempo e agrave as poucas condições do serviço atual.