Ministra diz que pedido de certificado para exercer no estrangeiro não significa que os médicos emigrem

Marta Temido, ministra da Saúde, diz que o facto de o número de pedidos de certificados para exercer no estrangeiro ser o mais alto nos últimos anos não signfica que os médicos que o pedem queiram emigrar, dizendo que o documento serve também para estágios no estrangeiro.

Sobre "Jornal da Uma"