Ministre admite "sobressalto" em Viseu, mas garante que hospital está "a funcionar"

Marta Temido rejeita uma situação de rutura no centro hospitalar e diz que o processo de contratação de mais médicos está assegurado.