Ministro da Educação quer reforçar aulas presenciais no novo ano escolar

O ano escolar vai começar na próxima semana. Seis meses depois, para muitos dos alunos, é o regresso às aulas presenciais.

Mesmo assim, a telescola está de volta já segunda-feira para quem não puder regressar à escola.

Na sessão de apresentação do novo ano do "Estudo em Casa", o ministro da Educação frisou que o ensino presencial será sempre o mais recomendado e que só em último caso é que as escolas vão fechar.

Sobre "Notícias"