Moçambique: uma catástrofe galopante e outra ameaça que pode matar em poucas horas

As pessoas mantêm-se nos telhados das casas, nas árvores, nos terrenos secos onde não há comida nem água potável. Nas últimas horas, foram registados os primeiros casos de cólera, uma doença de progressão muito rápida em cenário de crise humanitária e que pode matar em poucas horas quando não tratada