Morte de ucraniano: "Se for um procedimento comum, está em causa o próprio SEF"

O Presidente da República reagiu esta quinta-feira aos últimos desenvolvimentos do caso do cidadão ucraniano que foi morto no Aeroporto de Lisboa, caso no qual três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras são suspeitos de homicídio.

Sobre "Notícias"