Mota Jr.: “Existia um ambiente nas redes sociais de elevada tensão”

 

O editor de justiça da TVI, Miguel Fernandes, analisou esta quarta-feira o caso do crime de Mota Jr. e explicou que o desaparecimento do artista partiu de um incidente violento, “porque houve quem visse o rapper a ser arrastado do local onde desapareceu”. 

O jornalista afirma que um ajuste de contas, ou uma rivalidade podem ter sido aquilo que motivou o crime, mas esclarece que ainda não há suspeitos concretos.

Sobre "Notícias"