O Governo diz que vai fazer tudo para garantir o cumprimento dos serviços mínimos, decretados esta quarta-feira