MP diz que Pinho contribuiu para lesar Estado em mais de mil milhões de euros

Manuel Pinho é suspeito pelo Ministério Público de ter contribuído para que o Estado tenha sido lesado em mais de mil milhões de euros nos negócios com a EDP. O antigo ministro da Economia no governo de José Sócrates já recebeu do Ministério Público o despacho de indiciação. Pode vir a ser acusado de seis crimes e é indiciado de receber luvas de quatro milhões e meio de euros.