Mulher descontente com decisão de juíza responde com agressões

As agressões aconteceram numa sala do Tribunal de Família e Menores de Matosinhos, quando a mulher estava reunida com a juíza e com uma procuradora do Ministério Público, que também ficou arranhada. Em causa, estava uma decisão sobre regulamentação parental.

Sobre "Notícias"