Mulher que agrediu juíza e procuradora fica com pena suspensa

A mulher que agrediu uma juíza e uma procuradora do Ministério Público,no Tribunal de Matosinhos, em janeiro, foi condenada a três anos de prisão pena suspensa.

A arguida tinha confessado os crimes por que estava a ser julgada.

Sobre "Jornal das 8"