Mulheres continuam a ser as principais vítimas de violência sexual

Dados divulgados pelo Instituto de Medicina Legal, que realizou mais de dois mil exames em dois anos e meio, revelam igualmente que 50% desses casos estão inseridos num quadro de violência doméstica