Vídeo conta a história de duas células, uma delas infetada com o vírus da SIDA, do qual o vocalista dos Queen era portador. A animação é acompanhada por uma música cantada por Freddie Mercury