“Não quero acreditar que o Brasil defende o fascismo”

Itamar Vieira Junior, prémio Leya 2018, é brasileiro, descendente de portugueses. Em entrevista à TVI24 por Skype, lamenta a situação "muito difícil" que o seu país está a viver e não quer acreditar que a sociedade defenda o fascismo. Isto propósito de Jair Bolsonaro, favorito nas sondagens à presidência do Brasil