Natal de Marcelo: "Apesar da separação de pessoas, há contacto próximo à mesa"

Marcelo Rebelo de Sousa revelou à TVI, na entrevista de segunda-feira, no Jornal das 8, como iria passar o Natal em tempos de pandemia.

Ora, a Consoada do Presidente da República vai dividir-se em quatro refeições, durante os dias 23, 24 e 26 de dezembro. Marcelo pretende almoçar ou jantar com os diferentes agregados familiares em dias diferentes e com um limite de cinco pessoas por mesa.

Vasco Peixoto, médico interno de saúde pública, considera que "apesar da separação de pessoas", existe um nível de risco e relembra que as autoridades de saúde recomendaram que se reduzisse ao máximo o número de agregados familiares "que se cruzam e que se encontram". 

O especialista disse ainda que existem várias formas criativas para se celebrar o Natal e que as famílias não precisam, necessariamente, de se sentar à mesa.

Sobre "Notícias"