Neto de Moura "obrigado" a julgar casos de violência doméstica

Polémico juiz Neto de Moura pediu ao Supremo Tribunal de Justiça para não julgar casos de violência doméstica, depois do acórdão sobre as mulheres adúlteras.