Nicolás Maduro diz que apagão na Venezuela foi ataque dos EUA

As ruas de Caracas foram tomadas mais uma vez por apoiantes e opositores do regime na Venezuela. Apoiantes de Juan Guaidó envolveram-se em incidentes com a polícia, mas sem consequências graves. Os confrontos acontecem numa altura em que Nicolás Maduro responsabiliza os Estados Unidos da América pelo corte de energia elétrica que afetou grande parte do país.