No próximo ano já não precisa da fatura em papel

Medida faz parte do programa de simplificação do Governo, falta apenas luz verde do Conselho de Ministros.